fbpx
Menu fechado

A Transformação da Vida.

Domingo de Páscoa

Mais que uma data comemorativa religiosa, a Páscoa representa um momento de reflexão para todos os seres humanos, cristãos ou não. Eis que se nos dá a oportunidade de refletirmos sobre como podemos “renascer” como melhores filhos, pais, cônjuges, amigos, profissionais; enfim, como podemos melhorar nossas vidas de forma a vivê-la com plenitude.

Que hábitos e pensamentos temos que abandonar para evoluirmos e sermos mais felizes? A Páscoa nos incita a questionarmos (e decidirmos) o que deve sair e o que deve permanecer em nossas vidas. A aprimorarmos nossa capacidade de discernir o essencial do supérfluo, o eterno do transitório, o real do irreal.

Para os cristãos, a Páscoa não somente vai além como representa muito mais que isso. É a suprema lição do poder da perseverança e do sacrifício, que em sua gênese significa Ofício Santo, e não sofrimento. Faz da humanidade tácita e impotente testemunha das transformações da vida, dando-nos a exata medida de nossa importância em face da vontade do eterno – exatamente nenhuma, embora creia que sejamos responsáveis por nossos atos individuais e coletivos – na construção de Sua obra na face da terra.

Tais pensamentos diminuem minha ansiedade e me fazem meditar sobre a última frase do Pai Nosso (que não sei porque deixou de ser rezada) “Pois Teu é o Reino, o Poder e a Glória, assim como era no princípio, agora e sempre, por séculos e séculos…” E que não importa o que fazemos ou deixemos de fazer: tudo passa, tudo passará…

A Páscoa também nos ensina que muitas das atribulações que vivemos (quase todas) existem somente por falta de amor e fé.

Desejo a todos os cristãos que o amor de Cristo e a fé de Moisés (Esperança) renasça no coração de todos.

Dane Avanzi
Grupo Avanzi

Deixe uma resposta

Receba atendimento direto no Whatsapp
Enviar