fbpx
Menu fechado

Justificativa Técnica Para Contratação de Serviços Especializados de Engenharia.

CASA DE FERREIRO, ESPETO DE PAU

Há situações na nossa vida pessoal e profissional em que não adianta insistir: tem que chamar quem entende.

Seja para fazer uma obturação, consertar o pneu do carro, instalar a fiação do novo sistema de TV a cabo: procuramos a assistência de especialistas. Simplesmente porque eles certamente fazem melhor que nós e porque evitam custos futuros.

Da mesma forma não executamos nós mesmos a obra de reforma ou de ampliação da nossa casa ou apartamento. Muito menos o fazemos na casa dos outros. Sempre nos consultamos com quem tem conhecimento e expertise reconhecida no mercado.

Não haveria de ser diferente quando pensamos na instalação e utilização de equipamentos de comunicação.

Ao levarmos em conta o investimento necessário para a implementação de serviços de engenharia civil, elétrica e de telecom, da concepção do projeto até sua conclusão, devemos considerar primariamente a qualidade, a efetividade e a segurança dos serviços contratados.

PROJETO TÉCNICO CIVIL, ELÉTRICO E DE TELECOM DA OBRA

Qualquer projeto que visa a instalação de equipamentos e operação de telecom constitui-se de três níveis, a saber:

  • Engenharia Civil
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia de Telecom

Para que estes três ramos da engenharia concebam individualmente a melhor solução de cada uma de suas competências, inclusive no planejamento de construção de sítios de repetição, é necessário que:

  1. Se tenha uma correta identificação dos objetivos que se pretende atingir.
  2. Seja feito um estudo de viabilidade técnica e econômica do projeto, de modo a identificar qual a maneira mais racional de se atingir o objetivo.
  3. Sejam contratados estudos específicos preliminares a elaboração dos projetos básicos e executivos das 3 áreas de engenharia supra citadas.

Todas estas etapas estão intrinsicamente correlacionadas, pois visam a um único objetivo: a excelência e o pleno funcionamento das instalações contratadas.

O projeto básico e o projeto técnico detalhado e especificado da edificação, da instalação elétrica e da instalação de equipamentos de telecom que se pretendem construir é item fundamental para o sucesso do empreendimento. Tentar fazer a obra sem a correta especificação de materiais, produtos e demais recursos dificilmente dará certo. Vejamos porque:

  1. Somente com o projeto básico e executivo realizado é possível orçar os insumos e a mão-de-obra especializada necessários para conclusão da obra;
  2. O projeto executivo bem detalhado assegurará qualidade, exatidão, segurança e responsabilidade técnica ao engenheiro projetista, que preferencialmente será o mesmo responsável pela instalação. A centralização da responsabilidade técnica em uma única empresa facilita o rastreamento e a solução de qualquer evento ou incidente ocorrido na obra, além de facilitar o controle, execução e medição dos eventos da obra por parte da Contratante.

No que tange o projeto básico e executivo elétrico cabe ressaltar que sem energia elétrica pura, limpa e estável não existe a menor chance de um projeto de telecom ser bem sucedido. Dessa forma, cabe ao engenheiro eletricista identificar quais as possibilidades de atendimento da demanda de consumo da universalidade dos equipamentos que funcionarão no sítio de repetição, adequando as possibilidades da infra-estrutura elétrica disponibilizada pela concessionária local ao quadro de cargas dos equipamentos a serem instalados no sítio. Um projeto elétrico bem dimensionado garantirá confiabilidade e segurança ao sistema de telecomunicações que operará com a máxima eficiência para o fim que foi projetado, além de eliminar/mitigar os riscos decorrentes de flutuação de tensão, corrente elétrica insuficiente, aterramento inadequado, principais causas de interrupção de sistema.

Relativo à engenharia de telecom, cada projeto possui desafios distintos das premissas elétricas e civis. Enquanto aquelas são o meio que possibilita a instalação de um bom sistema de telecomunicação, a engenharia de telecomunicações tratará da coisa em si. Dependerá da correta identificação de necessidades, o desenho da arquitetura de rede e topologia de sistema ideal para o projeto. Neste contexto, fatores decisivos para a estratégia do negócio deverão ser levados em conta, evitando desperdício de tempo e dinheiro.

Para ilustrar esta premissa, utilizemos o caso específico de empresas de bioenergia: para que os pontos de instalação do sistema seja locados corretamente devem ser levados em consideração muitas variáveis, tais como topografia, extensão, alcance e até mesmo realocação de equipamentos. Somente assim pode-se garantir o melhor retorno do investimento.

PASSOS PARA A ELABORAÇÃO DE UM PROJETO DE TELECOM

Constituem objetivos dos estudos para elaboração de projeto básico e executivo de telecom, entre outros:

  1. Entrevista com os gerentes usuários do sistema (agrícola, indústria e administrativo);
  2. Inventário da quantidade de terminais que o sistema deve comportar;
  3. Definição das localidades para que o sistema deve prover cobertura;
  4. Adjudicação da área para instalação do sítio de repetição;
  5. Questões de interoperabilidade: quais grupos devem trabalhar compartilhando o mesmo canal;
  6. Canais de Emergência: serviço médico, brigada de incêndio, segurança patrimonial: definição de procedimento ou protocolo a ser implementado via rádio
  7. Os terminais que estarão em serviços outdoor serão móveis ou portáteis?

Deixe uma resposta

Receba atendimento direto no Whatsapp
Enviar