fbpx
Menu fechado

Radiocomunicação Digital: O que é um Radiofarol?

Radiofarol (muitas vezes referido pela sigla NDB, de Non-Directional Beacon) é uma estação transmissora especializada, instalada numa posição geográfica fixa e precisamente conhecida, que emite sinais de radiofrequência com um formato pré-determinado que permite a estações de rádio móveis (terrestres, aéreas ou marítimas) fazer a sua identificação e determinar a sua posição relativa face ao ponto geográfico de emissão.

O formato mais comum dos sinais consiste na emissão de uma portadora de onda longa contendo sinais radiotelegráficos (em geral Código Morse), codificando grupos de letras que compõem o prefixo designador de um local ou estação.

O sinal dos NDB é captado e descodificado por um instrumento conhecido por ADF (do inglês, Automatic Direction Finder ou Detector Automático de Direcção).

Os radiofaróis, apesar do aparecimento dos equipamentos de navegação por satélite, ainda são bastante utilizados face às distorções ou black-outs que ocorrem em equipamentos que emitem sinais acima daionosfera. A sua principal utilização é para a navegação aérea, sendo comum a instalação de estações NDB nas proximidades de aeródromos e em pontos específicos ao longo de rotas aéreas mais utilizadas.

Como serviço adicional, está a ser adicionado ao sinal dos radiofaróis informação correctora dos sinais dos sistemas de navegação por satélite (GPS e GLONASS), o que permite a sua utilização em modo diferencial, melhorando assim em muito a sua confiabilidade e precisão.

O NDB (Non-Directional Beacon), foi o primeiro instrumento que surgiu na aviação que possibilitou vôos IFR, aproximadamente em 1923.

O NDB estará sujeito a erros, como o efeito noturno, de relevo, costa marítima e condições atmosféricas adversas, fazendo com que o instrumento de bordo indique um localização incorreta do NDB.

Fonte Wikipédia

Deixe uma resposta

Receba atendimento direto no Whatsapp
Enviar