Menu fechado

Smart TVs podem oferecer riscos à sua privacidade. Saiba como se proteger

Smart TVs podem oferecer riscos à sua privacidade. Saiba como se proteger

Por Dane Avanzi

Quando pensamos em lazer, assistir a nosso programa favorito no conforto de casa pode ser uma das primeiras coisas que pensamos. Mas quando falamos em segurança digital, as Smart TVs não são uma das primeiras tecnologias que associamos a riscos e vazamentos de dados.

As Smart TVs — que começaram a surgir em meados de 2010 —  trazem interatividade à programação, com possibilidade de maratonar uma série em serviços de streaming, acessar canais do YouTube, postar em redes sociais, transmitir informações a partir de um smartphone para a tela e, claro, ver televisão.

Dados da IHS Markit apontam que 70% das TVs vendidas nos últimos dois anos, no mundo todo, foram modelos Smart. Como qualquer dispositivo conectado à internet, as Smart TVs captam a todo momento dados e informações relevantes dos usuários, inclusive, alguns modelos possuem câmera e microfone para personalizar a sua experiência e podem captar sua imagem e voz.

Privacidade nas Smart TVs

Atualmente, com a internet das coisas cada vez mais presente na nossa rotina, conseguimos conectar dispositivos e gadgets em nossas casas, mas esquecemos o quão importante é proteger nossa privacidade em todos esses pontos de contato.

Segundo Dane Avanzidiretor do Grupo Avanzi e empresário de telecomunicações, são necessários cuidados ao utilizar as funções de conectividade disponíveis. “Quanto mais interatividade, mais canais de acesso estarão disponíveis para pessoas mal-intencionadas e maior deve ser a preocupação com segurança”, diz o empresário.

TVs hackeadas
Como proteger sua Smart TV contra ciberataques – Fonte: Dialogando | Vivo

“Basicamente, devemos ter os mesmos cuidados de quando usamos um computador. Acessar vídeos e conteúdos on-line apenas em sites confiáveis, como YouTube, Netflix, entre outros. Atentar para sites que oferecem conteúdos gratuitos, pois juntamente com o conteúdo, podem comprometer a Smart TV com vírus específicos”, diz Dane.

Utilizar aplicativos oficiais, manter o sistema operacional sempre atualizado e nunca conectar a TV a redes Wi-Fi desconhecidas são os primeiros passos para manter sua Smart TV protegida. Já nos aplicativos instalados, é importante evitar o uso de dados bancários e de cartões de crédito.

Com o uso consciente da internet das coisas, nossa vida pode ficar muito mais fácil, seja assistindo a um filme na Smart TV ou recebendo boletins de notícias por meio de um assistente inteligente. ?

Fonte: Dialogando | Vivo

Receba atendimento direto no Whatsapp
Enviar